segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Festival Internacional Vogue Fever: Recife

Estilo de dança que vem arrebatando cada vez mais adeptos no Brasil, o Vogue, que ficou conhecido mundialmente graças ao clipe da música “Vogue”, de Madonna, será celebrado no Recife com um grande festival nos dias 29, 30, 31 de agosto e 01 de setembro. Os shows, competições e oficinas ocorrem no Sinspire e Paço do Frevo com uma programação completamente gratuita.

Com incentivo do Funcultura, o Vogue Fever: Recife reúne, bailarinos, estudantes, artistas nacionais e internacionais para vivenciar a cultura Vogue e a Ballroom, com uma maratona de eventos e diversas apresentações. Entre os artistas convidados para a primeira edição do festival na cidade, estão confirmados Archie Burnett (NYC), o Trio Lipstick (MG) e Edson Vogue (PE), considerados ícones do movimento.
O Festival Internacional de Vogue do Recife também será inclusivo, com a realização da etapa Vogue Para Todos, que promove oficinas de Vogue para pessoas com deficiência.
O Festival Vogue Fever acontece anualmente em Belo Horizonte - MG. Este ano, promove a sua quarta edição com a etapa no Recife. Nomes importantes da cena Voguing, à exemplo de Guilherme Morais (MG), Félix Pimenta (SP) e Makayla Sabino (RJ) também foram convocados para ministrarem as oficinas e participar do júri nas “Balls” - festas onde acontecem as famosas batalhas de Vogue.
O Vogue é uma dança de resistência e empoderamento originada nas comunidades LGBTQI+, negra, latina e periférica dos EUA. Ganhou popularidade na década de 90 quando as danças com caras e bocas e movimentos dos braços em volta do rosto, no clipe “Vogue” de Madona transmitiam a mensagem de que não importa cor, sexo ou religião, ao menos na pista de dança, todo mundo é igual. O estilo também ganhou destaque com o documentário "Paris is Burning". Com cada vez mais adeptos, visibilidade e expressão no Brasil, as ‘Balls’ já fazem parte da cena cultural do país.
“Balls” são eventos onde as pessoas se reúnem para competir por prêmios e troféus relacionados a dança, roupas, performance, arte drag, maquiagem e outras categorias inspiradas em vários estilos musicais. Mais do que uma competição de moda e dança, essas batalhas transformam o que a sociedade define como fraqueza, no ponto forte de cada um, desconstruindo esteriótipos e padrões relacionados à beleza, feminilidade e masculinidade.
Na Hellcife Ball, o publico poderá participar das competições em diversas categorias: Gayleroso X Barbiegay Realness, Swinguera X Brega Funk,Runway e outras. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas através do site: www.sympla.com.br/vogue-fever-recife---hellcife-ball__333183.
Sobre os artistas
Archie Burnett (NYC) é considerado ícone mundial do vogue. Dançarino autodidata, também é apontado como padrinho do vogue no Brasil. Aos 20 anos começou a frequentar boates em Nova York e desde então é uma das maiores referências das “Club Dances”, sendo mestre nos estilos “Waacking”, “Vogue” e “Hustle”. Viaja o mundo ministrando aulas, fazendo performances e atuando como jurado em Balls na Europa, Ásia e América Latina. Archie é o “Grandfather” da Icônica House of Ninja, criada por um dos pioneiros do Vogue mundial, Willi Ninja. 
O Trio Lipstick (BH) é um grupo de performance, pesquisa e produção de Belo Horizonte composto por Maria Teresa Moreira, Paula Zaidan e Raquel Parreira. Elas dedicam seus trabalhos e estudos ao Vogue e a cultura Ballroom desde 2011, atuando como professoras, performers e juradas em eventos de todo o Brasil. Em 2015, criaram o primeiro festival internacional de Vogue do país, o BH Vogue Fever. 
Edson Vogue (PE), é formado em licenciatura em dança pela UFPE. Professor, pesquisador, passista de frevo, stiletto e voguing, publicou uma pesquisa com as linguagens do frevo e o voguing a partir da identidade negra. Conheceu o estilo em 2008 através da música de Madonna. Foi a partir de 2016, em uma apresentação do Trio Lipstick no Recife que se aprofundou em pesquisas e treinos. Edson é considerado mãe da Kiki House of Guerreiras (PE). Atualmente mantém pesquisa voltada para o femme voguing.
Félix Pimenta (SP) tem 28 anos, é dançarino, pesquisador, professor e coreógrafo de danças urbanas. Especializado nas danças Waacking e Voguing, é membro da IHOW- Chapter Brasil, membro do Coletivo Amem, da Cia Conceito Urbano e performer da noite paulistana. Participa de ações ligadas ao público negro LGBT+, promovendo espaços que debatem gênero, classe, HIV/AIDS, raça e saúde da população negra, em toda America-Latina.
Makayla Sabino (RJ) é uma grande especialista na dança Vogue. Integrante da House of Revlon (Paris) e da House of Cazul (Brasil), acumula vários prêmios em diversas Balls do país. 
Moradora do Morro do Alemão, Makayla é uma grande referência na cultura Ballroom da América Latina.
Realizado pelo Trio Lipstick e Coda Produções Artísticas o Festival Internacional Vogue Fever: Recife surgiu com o objetivo de promover o intercâmbio de vivências entre os participantes e difundir o movimento que ganha cada vez mais seguidores, no Brasil.
PROGRAMAÇÃO
29/08 - Quarta-Feira
19h - Seminário "Cultura Ballroom e o Vogue no Brasil" 
Local: Sinspire
30/08 - Quinta-Feira
17h - Vogue para todos - Oficina para pessoas com deficiência, com o Trio Lipstick
19h - Oficina de Frevo Edson
Local: Paço do Frevo
20h30 - Vivencia com Archie Burnett
Local: Sinspire
31/08 - Sexta-Feira
18h - Oficina com Trio Lipstick
19h30 - Vivencia com Archie Burnett
Local: Sinspire
01/09 – Sábado
21h - Hellcife Ball
SERVIÇO
Festival Internacional Vogue Fever: Recife
Dias 29, 30, 31/08 e 1/09
No Paço do Frevo e Sinspire – Praça do arsenal - Recife Antigo
Informações: (81) 9 8827.8222

Nenhum comentário:

Postar um comentário